Segredos de uma Ruiva - Algumas Experiências

by - 19 março

Quem usa tinturas sabe o quanto é complicado e difícil manter a cor do cabelo bonita sem ter que reaplicar a cada 15 dias, não é mesmo?. A cada lavagem o cabelo vai perdendo a beleza e a cor vai embora pelo ralo, literalmente. São tantas colorações repetitivas no cabelo que seu aspecto fica totalmente desgastado e sem vida.
Quando iniciei minha "saga ruiva" no início de 2014 (tem post sobre isso AQUI), pesquisei muitas maneiras de prolongar a cor no intervalo das tinturas e sempre testei maneiras inusitadas que me permitissem manter meu ruivo lindo e duradoudo. No post de hoje quero compartilhar algumas das minha experiências e dividir com vocês histórias inusitadas dessa "saga".
Uma dessas experiências foi a anilina. Anilina no cabelo? Aham?. Achei várias postagens de meninas que usam o produto. Resolvi testar. Realmente a cor fica linda, super viva e deslumbrante. Mas uma coisa eu preciso dividir com vocês. Hoje eu não uso mais, porque apesar de todas essas vantagens que ela me permitia, a mesma danificava muito o meu cabelo e o deixava bastante ressecado. Talvêz isso acontecesse pelo fato de não se tratar de um produto específico pra cabelo. Entre prós e contras resolvi optar por deixar o uso da anilina de lado e buscar outros meios de prolongar minha cor de cabelo. 
A anilina propocionava esse tom avermelhado ao meu cabelo, de acordo com a mistura que eu fazia e ficava fixada por mais ou menos 15 dias, desbotando de acordo com a frequência de lavagens.
A receita que eu usava era:
  • Creme branco de 1K (Utilizava o TRESemmé Hidratação Profunda).
  • Uma colher de anilina.
Misturar e passa no cabelo - Deixa agir 50 minutos. Em seguida lavar com shampoo e hidratar.
Após parar com a anilina adotei o tonalizante CKamura Conhaque pra ser meu aliado e acertei em cheio. Utilizando esse tonalizante percebi que meu cabelo melhorou bastante e que com ele eu poderia manter o tom do meu cabelo bonito e saudável.
O tom do cabelo não mudou tanto após a troca da anilina pelo tonalizante, a única diferença que percebi à princípio foi na qualidade do fio. Esse foi o principal benefício dessa troca.
Minha receita é:
  • Duas colheres de CKamura Conhaque.
  • Três colheres de creme branco.Misturar e deixar no cabelo por 1 hora.
PS: O cabelo não precisa estar limpo para aplicar a mistura.

Além do tonalizante, que até hoje é um dos meus aliados na manutenção do meu ruivo, descobri novas maneiras de tingir meu cabelo e me sinto cada vez mais realizada com o tom.
Já encontrei a cor ideal para mim, um tom mais claro que o das outras fotos, porém lindo. Em breve liberarei um post sobre o que estou usando no momento e pretendo dividir mais essa experiência com vocês. Aguardem.

Espero que tenham gostado do post.
Caso tenham dúvidas ou queiram dividir suas experiências comigo fiquem à vontade. Ficarei feliz em saber um pouco mais de vocês também.

Beijinho

Leia também:

2 comentários

  1. Adorei! Tenho vontade de pintar meu cabelo de ruivo, mas penso justamente no trabalhão que dá. Meu cabelo está de ombré hair e já dá trabalho, imagina no ruivo. rsrs
    Beijos

    www.rabiscando.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super trabalhoso Angélica, mas vale super à pena, ainda mais quando o tom é algo que combina com você e sua personalidade. Como falei no post me tornar ruiva foi e está sendo a melhor experiência de beleza. Se você tem certeza que quer ficar ruiva também aposte. Com certeza vai ficar mais linda que já é.

      Obrigada pela visita.
      Beijinho
      Thay Andrade

      Excluir

Comente Aqui. Sua Opinião é Importante.

Tecnologia do Blogger.